DICAS

8 formas de curtir a sua própria companhia

Saber curtir a própria companhia é algo importante para o nosso autoconhecimento, mas poucas pessoas enxergam a importância disso. Para mim, isso é algo pessoal também e da nossa personalidade. Existem pessoas que simplesmente gostam de ficar sozinhas. Eu sou uma delas. Há outras que sentem mais necessidade de companhia.

original (2).gif

Para curtir a sua própria companhia, há uma pergunta chave: o que você gosta de fazer quando está só? Mesmo parecendo óbvia, algumas pessoas não sabem responder, mas essa também pode ser uma oportunidade de descoberta. Talvez fazendo algo novo você descubra que aquilo te deixa feliz.

1. Leia um livro
Sabe aquele livro que você começou e não deu continuidade? Por que não finalizar ele? Ou você pode pegar algum emprestado e acabar gostando. A leitura sempre vale a pena! Livros de preencher como o “Livro do Bem” também são uma boa opção de passatempo e desenvolvimento do autoconhecimento.

2. Fotografe
Você não precisa ter a melhor câmera para fotografar, dá para se divertir tirando fotos com o seu próprio celular, garanto. Busque inspirações, olhe ao seu redor e veja o que tem de melhor, deixe a sua criatividade fluir para render fotos criativas.

3. Assista a uma série
Você pode dar início a uma nova série ou continuar alguma. Há muitas séries maravilhosas por aí, inclusive muitas que ainda não estão na Netflix. 
Indicação: Série para se inspirar: The Bold Type 

4. Ouça uma boa playlist
Separe as suas músicas preferidas em uma única playlist e desfrute dela. Você pode misturar músicas de vários gêneros musicais ou optar por uma playlist completamente nova, por que não?

5. Faça um SPA day
Não há nada melhor do que se cuidar e tirar um dia para isso pode ser muito divertido, mesmo sendo sozinha. No seu SPA day vale tudo: hidratação no cabelo e no corpo, pintar unhas, fazer as sobrancelhas, etc. Solte a playlist e vai, faça o que souber.

6. Desenvolva o seu lado artístico
Se você gosta de pintar, desenhar ou fazer qualquer outra coisa artística, pode ser interessante. Também há a opção de tocar algum instrumento musical ou dar início a essa aprendizagem.

7. Faça exercícios físicos
Se exercitar traz uma sensação prazerosa e faz bem para a saúde. Não precisa necessariamente ser em uma academia, praticar algum esporte ou fazer exercícios aeróbicos ao ar livre também vale.

8. Não faça nada
Às vezes andamos com tantas preocupações e com a vida tão corrida que esquecemos o quanto é bom não fazer nada. A falta desses momentos de descanso do corpo e da mente podem prejudicar muito. Aproveite para relaxar.


Não há um manual de instrução de como curtir a sua própria companhia, você descobre com o tempo o que gosta de fazer e como transformar a solidão em solitude. São nesses momentos que você mais aprende sobre você.

Espero que tenha gostado!

COMPORTAMENTO, PESSOAL

Bate-papo sobre autoconhecimento e amor próprio

É fato que só aprendemos a nos amar quando nos conhecemos. Mas é possível que, mesmo nos conhecendo, não consigamos nos ver com bons olhos.

Lembro-me do quanto isso tudo já me afetou por muito tempo, na verdade, desde que entrei na adolescência. Me sentia muito magra, enxergava o meu nariz maior do que ele realmente é e lidava com uma grave acne. Pior do que me ver com tanto desprezo, era me comparar com outras meninas como se elas fossem perfeitas. Foi assim que eu fui me autodestruindo, me julgando cada vez mais e me inferiorizando em relação as outras. Até que fui tratando, cuidadosamente, todo o ferindo que eu, junto à mídia, tinha causado no meu interior.

2016 foi um ano marcante para mim. Foi quando decidi que iria me autoconhecer, parecia uma decisão simples, mas ela mudou toda a minha vida. Antes disso, me decepcionei com um menino que me desdenhou. Naquele momento, até cheguei a acreditar que o que ele estava certo no que disse sobre mim, depois, quis agradecer a ele por ter me motivo a me tornar quem eu sou.

Percebi que quando você não se conhece, você permite que as pessoas digam quem é você e eu não podia mais deixar que isso acontecesse. Passei um tempo comigo mesma e descobri um montão de coisas sobre mim. Foi maravilhoso. Basicamente, a maior parte das coisas que me autodetermino hoje foram descobertas naquele ano.

revelar8

Escuto algumas pessoas me disserem que transmito autoconfiança e que dá para ver claramente o meu amor próprio, mas não foi sempre assim. Foi escolha. Foi processo. Na verdade, se autoconhecer é um processo que nunca tem fim, mas é só depois de ter dado início a ele que é possível aprender a se amar. É claro que não estou  totalmente livre de passar por crises atualmente ou de me sentir mal comigo mesma em alguns dias, a diferença é que agora não é algo constante. Hoje eu consigo enxergar muito além do que eu vejo na frente do espelho.