COMPORTAMENTO

O bloqueio que criamos aos novos laços

Durante o caminho de casa, comecei a observar as expressões faciais alheias. Todas as pessoas, independente de suas idades, aparência física ou condição financeira, possuíam algo em comum que me chamou a atenção: mistérios.

Quem são elas? Quais são as suas bagagens pessoais?

Enquanto eu pensava a respeito da história de cada um, lembrei que hoje mesmo tive uma conversa intensa com uma amiga sobre o bloqueio que nós mesmos criamos aos novos laços.

Chegamos à conclusão de que, muitas vezes, perdemos a chance de trazermos pessoas incríveis para perto por não darmos a oportunidade de mostrarem quem realmente são. Nos fechamos no nosso próprio universo e só abrimos as portas àqueles selecionados.

A nossa atitude de criar essa barreira não ocorre somente com as pessoas que são totalmente desconhecidas e sim, com aquelas que convivemos, mas que não apostamos no quanto elas podem acrescentar na nossa formação pessoal e social. Entendo que esse comportamento, na maioria das vezes, traz vestígios de decepções passadas, além de uma parte da nossa personalidade, mas e se tentássemos, sempre que possível, conhecer verdadeiramente alguém?

Todos nós carregamos mistérios, tentativas e falhas, mágoas e também alegrias. Temos sempre algo para aprender e para ensinar. Descobri que observar com sensibilidade aqueles que nos cercam, faz com que os olhemos como seres incríveis a partilharem de suas experiências.

large (2)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s