COMPORTAMENTO

Amar sem criar expectativas

Às vezes você se apaixona por alguém e pensa que finalmente encontrou a sua alma gêmea, mas quando passa a conviver com essa pessoa, percebe que nada é como você esperava. O que aconteceu foi que você se encantou pela projeção que você criou e no fim, acabou se iludindo.

A verdade é que, ninguém, além de você, é responsável pelas idealizações que você forma na sua cabeça e, sendo assim, só você pode correspondê-las. Quanto maior a sua expectativa sobre alguém, maior será a sua queda. Sabe por quê? Porque cada um tem o seu jeito único de ser, que está diretamente ligado com a criação que teve, o que inclui, além das qualidades excepcionais, os defeitos e principalmente as manias.

A partir do momento que você parar de fantasiar o amor, ele acontecerá de maneira natural. Quando você aceitar que aquilo que o outro é não está sob o seu controle, você passará a vê-lo como um ser humano que também comete falhas, mas que deseja receber o mesmo cuidado que você.

Além do mais, antes de querer que seu o amor conjugal seja como nos sonhos, você precisa desenvolver o seu amor próprio. A sua felicidade não pode estar depositada em algo ou alguém, porque você é a sua própria felicidade. Não é estando em uma relação — mesmo que fantástica — que você vai se sentir realizado, pois, primeiramente, você precisa encontrar a realização em si. Estando completo, você conseguirá construir um laço mais saudável e intenso com alguém, o que trará satisfação para ambas as partes. Lembre-se sempre de que o outro não é encarregado de curar os dilemas do seu coração, afinal, só você mesmo é capaz de fazer isso.

love1.jpg

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s